ANUNCIE SEU IMÓVEL
17/06/2021 17:55

Alugou um imóvel? Siga essas dicas para vistoria de entrada

Alugou um imóvel? Siga essas dicas para vistoria de entrada

Preparar um imóvel para locação exige alguns cuidados básicos a serem tomados pelo corretor. A vistoria, por exemplo, é um ponto fundamental para atestar que as condições do imóvel estão aptas para receber um novo inquilino. Esse procedimento é o que evita prejuízos e problemas futuros na relação entre inquilino e locatário, portanto, é indispensável.

A vistoria imobiliária nada mais é do que uma “checagem” de toda a infraestrutura do imóvel, no momento da locação. Essa análise deve constar como parte do contrato de locação, firmando um termo de ciência das condições do imóvel entre proprietário e inquilino, de modo que funcione como um laudo que indica as condições do imóvel em detalhe, descrevendo seus defeitos, nível de conservação, etc.

O procedimento deve ser realizado antes e após a mudança, o que dá maior garantia e, de fato, obriga o inquilino a devolver o imóvel nas mesmas condições que o recebeu.

Abaixo, separamos alguns pontos centrais para ajudar você a fazer a melhor vistoria de entrada no seu imóvel.

1. Analise em detalhes a infraestrutura do imóvel

Na hora de preencher o seu check list para vistoria de imóvel alugado, é muito importante ficar atento aos pequenos danos que podem ser o indício de problemas maiores no futuro. Por isso, avalie a situação de itens como:

Parte elétrica: Verifique se as tomadas e os interruptores estão devidamente funcionando; se há fios expostos e se existem sinais de que adaptações foram feitas na rede. Note, ao acender alguma lâmpada, se ocorrem pequenos curtos, piscadas e outros sinais de que a rede está sobrecarregada.

Parte hidráulica: Analise se há possíveis vazamentos. Dê atenção à pintura do imóvel a fim de encontrar pontos em que a tinta está mais escura. Isso pode indicar que há umidade e, consequentemente, vazamentos. Verifique também a situação das válvulas dos sanitários, pois elas costumam apresentar problemas com certa frequência, e cheque todas as torneiras, chuveiros, local do box, etc.

Pisos e forros: Verifique se não existem ladrilhos soltos, buracos ou rachaduras. Procure verificar se a estrutura do forro está normal, sem furos ou partes soltas.

Pintura e revestimentos: Confira se o imóvel foi pintado recentemente e se a pintura está em boas condições. Pinturas antigas e que ficam expostas à chuva costumam descascar com maior facilidade, por isso, verifique o estado da parte externa e também da interna.

Em regra, sempre que o proprietário vai preparar um imóvel para locação ou há a troca de inquilinos, deve ser feita uma reforma na qual a pintura é um dos primeiros detalhes a serem observados.

Portas e janelas: Veja a resistência de portas e janelas: se estão rangendo, como estão os trincos e as fechaduras, a fixação de parafusos, rasgos de saída de água, regulagem dos fechos, funcionamento de borrachas, escovas, roldanas e outros elementos de vedação das portas e janelas.

Todos os itens aqui listados são de responsabilidade do proprietário do imóvel, cabendo a ele arcar com eventuais reparos que sejam necessários antes que o imóvel seja entregue ao futuro inquilino. Contudo, nada impede que reparos e reformas sejam feitos em comum acordo entre os envolvidos.

2. Confira mobílias e objetos deixados no local pelo proprietário

Esses itens serão parte do imóvel? Então não devem ser excluídos do termo de vistoria de imóvel.

3. Documente tudo!

O laudo deve documentar cada detalhe analisado durante o processo não só em texto, mas principalmente com fotos.

Todas essas dicas ajudam o corretor a garantir uma boa relação entre ambas as partes durante a locação: o proprietário tem a garantia de que sua propriedade será entregue em condições compatíveis com as do início do aluguel; o inquilino não corre o risco que o proprietário cobre algo que não constava anteriormente ou o conserto de algo que já estava em más condições. Tudo isso evita problemas futuros para proprietário, inquilino e corretor.

Essas dicas foram úteis? Acompanhe também outras novidades com a Nova São Paulo:

- Dicas para não sofrer na hora da mudança.

- 5 dicas rápidas e criativas para decorar o seu apartamento alugado.

- 5 dicas para comprar seu imóvel em uma imobiliária.

NEWSLETTER

Receba as melhores ofertas no seu e-mail!

Assessoria Secovi Correspondente Caixa