ANUNCIE SEU IMÓVEL
07/10/2021 09:59

Síndico, precisa de ajuda para reduzir gastos no condomínio?

Síndico, precisa de ajuda para reduzir gastos no condomínio?

Em meio às mudanças da vida cotidiana, novas necessidades passam a existir e em um condomínio não seria diferente. Porém, isso pode afetar as despesas já existentes e aumentar os custos para todos, impactando diretamente na satisfação dos condôminos.

Por essa razão, listamos para você algumas dicas para reduzir custos ao administrar um condomínio. Continue sua leitura e confira!

5 formas de reduzir custos em um condomínio

1. Conheça os custos a fundo
Sim, olhe para tudo o que gera despesas no condomínio e calcule cada detalhe. Inclusive, verifique custos que podem acontecer em imprevistos e planeje-se, se antecipe a quaisquer situações. Conhecer os seus custos e o que pode acontecer, ajuda a saber a cota condominial e o quanto deve reservar a cada mês.

2. Despesas relacionadas às pessoas
Você sabia que, em média, 65% das despesas em um condomínio são relacionadas à recursos humanos? Calma, não é preciso realizar demissões. Mas muitas vezes, o acúmulo de funções pode gerar uma carga de horas extras que levam os custos para o alto.
Analise se é possível, por exemplo, contratar mais um funcionário para evitar a extensão na jornada de trabalho dos colaboradores atuais. Mudar um detalhe pode mudar o todo.

3. Contas como luz e água podem ser reduzidas
E ainda ajudam na sustentabilidade!
Com apoio de tecnologia, é possível instalar sensores de presença e movimento, reduzindo o volume das luzes que são acesas sem necessidade, além dos sensores que detectam vazamentos de água.
Um investimento em um primeiro momento, pode auxiliar em grandes reduções de despesas no futuro.

4. Softwares podem ser seus aliados
Seja para programar as manutenções preventivas, primordiais para evitar custos maiores e emergenciais; ou para controle financeiro e administrativo do condomínio, que colaboram com os lembretes de datas de pagamentos de serviços, diminuindo significativamente os juros e multas por atrasos.

5. #Todoscontraainadimplência
A inadimplência é o maior desafio de todo síndico. E é por isso que deixamos este tópico por último.
Neste caso, o síndico pode usar da criatividade e criar campanhas ou ações para reduzir a inadimplência dos condôminos, que impacta a todos os moradores do condomínio em questão.

Dessa forma, é possível:
- Gerar lembretes;
- Adiantar os valores das taxas para deixar os condôminos cientes de possíveis custos;
- Montar um calendário anual de ações, manutenções e tudo o que possa impactar as taxas condominiais, assim cada morador se organiza para pagar tudo em dia.

A redução de custos em um condomínio não é responsabilidade apenas do síndico, mas sim de todos. Cada um cumprindo o seu dever de pagar as taxas nas datas certas, sendo conscientes quanto ao consumo de recursos e sendo cuidadosos ao circular pelas áreas comuns, já ajudam muito na boa administração, resultando em uma convivência muito melhor e mais harmônica para todos.

E você? O que achou dessas dicas?
Tem alguma outra que queira compartilhar conosco?

NEWSLETTER

Receba as melhores ofertas no seu e-mail!

Assessoria Secovi Correspondente Caixa